Bolsonaro autoriza nomeação de 1.250 aprovados em concurso da PF e PRF

Foram 625 nomeações autorizadas para cada órgão. Na PF, as vagas são destinadas para cargos de delegado, agente, escrivão e papiloscopista

atualizado 26/05/2022 12:24

PF combate desvio de recursos públicos federais destinados ao tratamento da covid-19 no Rio Grande do NorteDivulgação / Policia Federal

O presidente Jair Bolsonaro (PL) autorizou a nomeação de 1.250 aprovados em concursos públicos para Polícia Rodoviária Federal e Polícia Federal. Os decretos com a chancela do chefe do Executivo foram publicados no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira (26/5).

Os atos presidenciais autorizaram 625 nomeações para cada órgão. Na PF, as vagas são destinadas para os cargos de delegado, agente, escrivão e papiloscopista. A medida entrou em vigor no momento da publicação.

Bolsonaro havia já antecipado o teor dos decretos na quarta-feira (25/5). Em vídeo publicado pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, o presidente afirmou que o trabalho dos agentes é “excepcional” e que eles merecem “reconhecimento”.

“Acabei de assinar dois decretos que autorizam, por parte da PF e da PRF, iniciar o curso de formação para 625 policiais rodoviários federais e 625 policiais federais. Eu sempre digo que o trabalho deles é excepcional para o Brasil e merecem um reconhecimento por tudo isso”, declarou o mandatário da República.

Publicidade do parceiro Metrópoles
0

No vídeo publicado nas redes sociais, o chefe do Executivo nacional ainda diz que espera, no momento certo, “poder garantir materialmente” o reconhecimento às duas forças policiais.

“Eles são lucrativos para o Brasil. O reconhecimento é uma coisa importante e a gente espera, no momento certo, poder garantir, materialmente até, o reconhecimento aos policiais federais e aos policiais rodoviários federais”, frisou.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

Mais lidas
Últimas notícias