Blogueiro Wellington Macedo deixa Papuda e vai para prisão domiciliar

Militante governista estava preso desde o dia 3 de setembro

atualizado 15/10/2021 9:57

Reprodução

O jornalista e youtuber Wellington Macedo, preso no dia 3 de setembro por ordem do Supremo Tribunal Federal (STF) sob a acusação de promover atos violentos e antidemocráticos nas manifestações bolsonaristas do dia 7 de setembro, deixou o Complexo Penitenciário da Papuda na madrugada desta sexta-feira (15/10), informou ao Metrópoles sua advogada, Mônica Holanda.

De acordo com ela, o ministro Alexandre de Moraes, do STF, acatou petição da defesa e autorizou a ida do jornalista para o regime de prisão domiciliar em razão de problemas de saúde.

“Ele está profundamente deprimido, é acompanhado pela equipe médica da penitenciária e não tem conseguido se alimentar. Ele emagreceu 18 kg desde que foi preso”, afirma ela, negando que o cliente tenha feito greve de fome, como chegou a ser divulgado nas redes por aliados do comunicador.

“Ele ficou muito abalado com a prisão e não conseguia se alimentar”, conta a advogada.

Uma comissão do Ministério da Família e Direitos Humanos visitou Macedo no fim de setembro e atestou que ele estava “visivelmente abalado psicologicamente, o que implica na sua dificuldade em se alimentar e, por conseguinte, debilidade física”. O relatório foi usado pela defesa no pedido atendido por Moraes.

Mais lidas
Últimas notícias