Bebê de 10 meses quase morre após ingerir maconha do pai

A mãe do menino, de 24 anos, relatou à equipe de enfermagem que a criança estava vomitando e desmaiando com frequência

Um bebê de apenas 10 meses foi internado, na madrugada desta terça-feira (12/11/2019) após ingerir porções de maconha supostamente pertencentes ao pai. A criança foi submetida a procedimentos de desintoxicação e continua sob cuidados médicos.

“A mãe confessou que os sintomas apresentados no hospital eram resultado de a criança ter consumido restos de material entorpecente e negou que a droga seja dela, passando a culpa para o pai, dizendo que ele era usuário de drogas”, explicou o policial que atendeu a ocorrência, registrada em Manaus.

A mãe do menino, de 24 anos, relatou à equipe de enfermagem que a criança estava vomitando e desmaiando com frequência, e, com isso, desconfiou que o bebê havia ingerido droga.

Com as informações da mãe da criança, os médicos acionaram os policiais militares da 15ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) e no hospital, a mãe relatou que o pai era usuário de drogas e deduziu que a criança tivesse pego o entorpecente e depois engolido.

Leia a reportagem completa no site Manaus Alerta, parceiro do Metrópoles.