Ataque a bancos no CE: prefeitura pede que moradores não saiam de casa

Expediente de repartições e escolas foi suspenso em Milagres. Parte do local está de portas fechadas até que polícia termine buscas

Divulgação/Prefeitura de MilagresDivulgação/Prefeitura de Milagres

atualizado 07/12/2018 18:03

Em nota divulgada nas redes sociais, a Prefeitura Municipal de Milagres, no Ceará, pediu para que os moradores permaneçam em suas casas até que a ordem seja restabelecida. O alerta acontece após um ataque a bancos que deixou 12 mortos na madrugada desta sexta-feira (7/12).

A Secretaria da Segurança Pública, Cidadania e Defesa Civil de Milagres decidiu suspender o expediente de repartições públicas da cidade após o crime. Aulas também foram suspensas, por recomendação da Polícia Militar.

De acordo com a nota, os moradores da cidade estão assustados com a situação e boa parte do comércio fechou as portas. A polícia ainda faz buscas com helicópteros atrás de outros suspeitos. Até o momento, três pessoas foram presas.

Segundo apuração da Rádio O Povo/CBN Cariri, cerca de 30 suspeitos participaram da ação frustrada pela Polícia. Eles pretendiam assaltar duas agências bancárias da Cidade, que ficam localizadas uma de frente para a outra. Dos mortos, quatro seriam do grupo de assaltantes e seis seriam reféns. Cinco dos reféns seriam pessoas da mesma família, de Serra Talhada, em Pernambuco.

Últimas notícias