Após reunião, RJ decide manter uso de máscaras no estado

Secretaria de Saúde vai elaborar documento que servirá de base para novo decreto com medidas de enfrentamento à pandemia da Covid-19

atualizado 08/10/2021 18:50

máscara N95GettyImages

Após uma reunião do Grupo de Especialistas em Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro (SES-RJ), foi decidido nesta sexta-feira (8/10) que o uso de máscaras contra a Covid-19 será mantido em todo o estado. A informação foi confirmada pelo órgão ao Metrópoles.

A SES comunicou que “análises, sugestões e dados” apresentados no encontro serão reunidos para a elaboração de um documento que vai embasar um novo decreto estadual com medidas de enfrentamento à pandemia. A previsão, segundo a pasta, é que a decisão seja publicada no Diário Oficial do RJ na semana que vem.

Na terça-feira (5/10), o Metrópoles recebeu uma nota da SES na qual a pasta informava que o Rio de Janeiro “se aproxima do momento em que será possível flexibilizar o uso de máscaras de proteção”. Porém, a pasta foi enfática ao dizer que ainda não era possível “antecipar qualquer tomada de decisão”, devido à necessidade de “consolidar a queda do número de casos” e “avaliar se não haverá repique de casos em idosos por causa da queda da proteção vacinal”. Afirmou, que nas próximas semanas, consultaria especialistas para tomar uma decisão.

Enquanto isso, no município do Rio, foi estabelecido que, a partir de 15/10, o uso de máscaras seja dispensado em lugares abertos, caso 65% da população tenha recebido o imunizante contra a Covid-19. O equipamento de proteção individual deverá ser liberado amplamente em 15/11, devendo apenas ser usado em ambientes hospitalares e transportes públicos.

A cidade de Duque de Caxias foi além e desobrigou o uso de máscaras em locais abertos e fechados a partir de terça-feira (5/10), por meio de um decreto assinado pelo prefeito Washington Reis. Mas durou pouco. Nesta sexta (8), a 3ª Vara Cível de Duque de Caxias derrubou a determinação e restabeleceu a utilização do equipamento de proteção. A Justiça exigiu que seja feita uma campanha pelo uso de máscaras nas páginas oficiais da prefeitura.

Últimas notícias