*
 

O estudante do curso de Ciências Ambientais da Universidade Federal de Goiás (UFG) Ariel Ben Hur Costa Vaz morreu, na sexta-feira (15/9), durante um tiroteio em uma festa de calouros. O incidente aconteceu no Campus Samambaia, no Setor Atiaia. A tragédia foi confirmada pelo reitor Orlando Amaral.

Outra pessoa também se feriu. Segundo o jornal Opção, a vítima, que não pertence à grade de alunos, está internada no Hospital Governador Otávio Lage (Hugol), sem risco de morte. Em nota, a Reitoria da UFG informou que apura o caso.

“É com profundo pesar que a Reitoria da Universidade Federal de Goiás (UFG) recebeu a notícia da morte do estudante Ariel Ben Hur Costa Vaz, que cursava Ciências Ambientais, na madrugada deste sábado (16/9). É um momento de grande dor e tristeza para toda a comunidade universitária. A UFG se solidariza com familiares e amigos e expressa as mais sinceras condolências diante desse trágico acontecimento.

Desde que foi informado do incidente envolvendo o estudante, na noite de sexta-feira (15), o reitor Orlando Amaral determinou que a equipe de Segurança da UFG, que estava instruída a monitorar o evento, coletasse mais informações para esclarecer o caso. A ocorrência será acompanhada de perto até a identificação dos envolvidos e apuração de responsabilidades.

O estudante foi baleado durante uma festa promovida pelo Diretório Central dos Estudantes (DCE), no Campus Samambaia. Como acontece todos os anos, o DCE solicitou à Reitoria da UFG autorização para realizar sua tradicional calourada, como forma de promover a integração dos novos estudantes. A festa, que previa em sua programação a apresentação de grupos musicais, ocorreu na sexta-feira (15/9), no período de 15h às 23h. A contratação de seguranças, a locação de banheiros químicos e a limpeza após a festa eram de responsabilidade dos estudantes que organizaram o evento.

A Reitoria continua em contato com os organizadores da calourada e com a equipe de Segurança da UFG para apurar mais detalhes sobre o crime.

Reitoria da UFG”

 

 

COMENTE

MorteCalouradatiroteioufg
comunicar erro à redação

Leia mais: Brasil