*
 

A ideia de um professor de inglês de Belo Horizonte tem chamado atenção nas redes sociais. Hudson Fernandes resolveu dar uma chance ao aluno Henrique Venâncio, que chegou atrasado e ficou preso do lado de fora da escola e perderia um teste oral.

Hudson então fez o teste pela janela da sala de aula — gritava as frases em inglês e Henrique traduzia e respondia do pátio da escola. “Eu pensei que ele estava brincando, mas ele fez a cara de sério que ele faz e eu vi que era verdade”, conta o estudante. Deu certo. O jovem tirou nota máxima na prova e saiu aplaudido pelos colegas.

O professor conta que ficou incomodado ao ver o aluno excluído da prova. Henrique explica que saiu de casa mais cedo e se preparou para o teste, mas o ônibus que pega para ir à escola se atrasou.

Opiniões divididas
Nem todos os internautas gostaram da postura do professor e a direção da escola fez uma reunião com Hudson para falar da “conduta inadequada” do profissional. De acordo com a coordenação, alunos que se atrasam não podem participar da aula e que o mestre tem autonomia para repetir os testes em outro horário — não é preciso fazer prova pela janela.

Veja o vídeo:

 

 

COMENTE

brasilEducaçãoprova pela janela
comunicar erro à redação

Leia mais: Brasil