Alemão suspeito de liderar golpe militar frustrado viveu em SC

Alemão Rüdiger Von Pescatore, preso por planejar golpe militar no país europeu, tem empresas ativas em Blumenau e Pomerode

atualizado 08/12/2022 17:03

Um dos presos na Alemanha, na última quarta-feira (7/12), por envolvimento em um suposto plano de golpe militar de estado, viveu e manteve negócios no Brasil, ao menos até o ano passado.

Ele tem duas empresas ativas em Santa Catarina. O ex-militar Rüdiger Wilfred Hans Von Pescatore, 69 anos, é apontado pelas autoridades alemãs como recrutador de um grupo classificado como “terrorista”.

No Brasil, ele tem uma consultoria empresarial, com sede em Pomerode (SC), localizada em uma residência no centro da cidade onde familiares moraram até 2020, e uma representação de painéis solares, em Blumenau (SC). Os telefones relacionados às empresas estão desativados.

Leia a reportagem completa no NSC Total, parceiro do Metrópoles.

Mais lidas
Últimas notícias