Blog com notícias, comentários, charges e enquetes sobre o que acontece na política brasileira. Por Ricardo Noblat e equipe

18 anos Blog do Noblat

Um “trotskista e leninista” e um “canalha” no gabinete de Bolsonaro

Adivinhe quem o presidente receberá hoje no Palácio do Planalto

atualizado 07/02/2022 8:01

Bolsonaro assina novo reajuste para professores da educação básica Rafaela Felicciano/Metrópoles

O presidente Bolsonaro receberá em audiência no Palácio do Planalto um “trotskista e leninista” e um “canalha”. Do primeiro, ele disse que é ligado ao PT e, por isso mesmo, eleitor de Lula. Do segundo, que não respeitaria nunca mais suas decisões.

Os ministros Edson Fachin e Alexandre de Moraes irão entregar a Bolsonaro o convite para a cerimônia de posse deles no Tribunal Superior Eleitoral – Fachin, no cargo de presidente; Alexandre no de vice. A partir de setembro, Alexandre será o presidente.

Dirão os seguidores mais sofisticados de Bolsonaro (e ele os tem) que as ofensas aos ministros são só uma maneira de fazer política em estado puro, não passam disso; os não sofisticados, que Bolsonaro estaria obrigado a bater com a porta na cara dos dois.

Fachin, que anulou as condenações de Lula, substituirá o ministro Luís Roberto Barroso, outro que Bolsonaro detesta. No ano passado, Bolsonaro chamou Barroso de “filho da puta”. Alexandre mandou Bolsonaro depor à Polícia Federal, mas ele não foi.

Bolsonaro deveria agradecer ao Supremo Tribunal Federal por não pesar a mão contra ele e seus filhos nos inquéritos abertos sobre fake news e financiamento de atos hostis à democracia. A maioria dos ministros está convencida de que ele será derrotado por Lula.