Blog com notícias, comentários, charges e enquetes sobre o que acontece na política brasileira. Por Ricardo Noblat e equipe

18 anos Blog do Noblat

Como será se novas pesquisas mostrarem Doria crescendo?

O sonho da terceira via custa caro, e o PSDB não quer pagar por ele

atualizado 25/05/2022 8:52

Joao Doria (PSDB), ex-governador de São Paulo Divulgação

Quanto o MDB estaria disposto a gastar com a campanha da senadora Simone Tebet (MS) à Presidência da República?

Há dois meses, em conversa com um amigo em Brasília, Baleia Rossi (SP), líder do MDB na Câmara, disse que a verba reservada por lei para financiar eleições de mulheres seria gasta com uma eventual candidatura de Simone, nem um tostão a mais.

Não é pouco, mas convenhamos que não basta. Primeiro, porque o MDB terá mulheres como candidatas em várias partes do país. Portanto, toda a verba não poderia caber apenas a Simone. Segundo, porque eleição presidencial é coisa cara, muita cara.

Àquela altura, Rossi já apostava numa aliança com o PSDB. Se fechada formalmente, e para isso seria preciso remover a candidatura de João Doria, boa fatia do fundo partidário do PSDB ajudaria a pagar os custos da campanha de Simone.

Aqui está o nó. Doria foi removido, o PSDB admite apoiar Simone, mas a maioria do partido não quer saber dessa história de abrir mão de dinheiro para que a candidata do MDB se eleja presidente. Que o MDB dê um jeito de arcar sozinho com os custos.

Bons tempos os das campanhas financiadas por empresas e caixa dois. O financiamento agora é público. Não significa que por debaixo do pano a valiosa contribuição empresarial tenha deixado de existir, muito menos o caixa dois, mas é sempre arriscado.

A Faria Lima, coração das fortunas do país, está empolgada com a possibilidade da candidatura de Simone. Doria foi mandado às favas porque não decolou nas pesquisas de intenção de voto. Nem por isso morreu o sonho de um candidato nem Lula nem o outro.

Quando quer, a Faria Lima é generosa. A pergunta de milhões de dólares é: ao contrário de Doria, Simone conseguirá alçar voo? Desperdício de dinheiro não é a especialidade de quem o acumula. As próximas pesquisas darão uma ideia do potencial de Simone.

A nova pesquisa Datafolha, a ser divulgada amanhã à noite, ainda trará o nome de Doria porque assim foi registrada na Justiça Eleitoral. Seria curioso se Doria aparecesse com um percentual maior de votos do que teve na anterior, e Simone bem atrás.