Blog com notícias, comentários, charges e enquetes sobre o que acontece na política brasileira. Por Ricardo Noblat e equipe

18 anos Blog do Noblat

Lula na TV vai priorizar economia, mas, se precisar, vai radicalizar

Campanha do petista já tem pronto alguns filmetes, mas irá avaliar o que fazer se Bolsonaro apelar para religião no horário eleitoral

atualizado 16/08/2022 0:10

Daniel Ferreira/Metrópoles

A campanha de Luiz Inácio Lula da Silva na TV vai priorizar as mazelas e as consequências da má condução da economia e seus reflexos para a população: carestia, inflação e desemprego.

Os marqueteiros acha que a chave da vitória, seja no primeiro ou segundo turno, está aí.

Mas não hesitará em fazer filmetes agressivos contra Jair Bolsonaro. A tática, primeiro, é esperar para ver como vem o tom do outro lado.

Nos primeiros vídeos já divulgados da pré-campanha, o PT mostrou que não irá deixar de fora a condução da pandemia, com imagens de covas, de Bolsonaro imitando paciente infectado com o vírus com dificuldade de respirar e declarações do tipo “é só uma gripezinha”.

O PT já sabe que a corrupção do mensalão e do petrolão será destaque no programa eleitoral do adversário. Vai reagir com as rachadinhas e o orçamento secreto, que será vendido como uma espécie de compra de votos.

Mas se o programa do PL apelar para temas religiosos, como já tem feito, Lula sentará com sua equipe e irá avaliar como se contrapor.

Últimas do Blog