Blog com notícias, comentários, charges e enquetes sobre o que acontece na política brasileira. Por Ricardo Noblat e equipe

18 anos Blog do Noblat

Deputado do PT que orientou contra homeschooling votou a favor

Zé Neto (PT-BA) foi o único dos 49 petistas favorável; ele afirmou que foi contrário ao PL, mas que um erro no sistema mudou seu voto

atualizado 23/05/2022 18:15

Plenário Câmara dos Deputados Marina Ramos/Câmara dos Deputados

Dos 49 deputados do PT que votaram semana passada o projeto que institui o homeschooling no país, um deles foi favorável à proposta. Os outros 48 se posicionaram contrários à ideia.

O deputado Zé Neto, da Bahia, foi o voto “divergente”.

E o curioso é que Zé Neto, que é um dos vice-líderes do partido na Câmara, foi quem orientou o voto “não” ao projeto e criticou se tratar mais de uma pauta ideológica do que propriamente educacional.

Ao Blog do Noblat, Neto explicou que foi um erro do sistema e que ele votou sim, contra o homeschooling. Ele afirmou que, no momento da votação do mérito, estava no cafezinho do plenário, que fica no fundo, e votou pelo celular. Ele percebeu uma diferença, viu que estava dando problema, mas somente depois notou que seu voto foi registrado errado.

“Não tem nem como ser a favor a esse projeto. Tanto que orientei contra. Nas 14 votações desse projeto, me posicionei de um jeito só, contra. Mas na hora do mérito, deu esse problema. Fui reclamar, mas não mudei de ideia, não”