*

O site de reservas de viagens TripAdvisor anunciou que vai parar de vender bilhetes para atrações turísticas que de alguma forma maltratem animais. A decisão veio após uma campanha de protesto realizada pelo grupo World Animal Protection (WAP), que durou 18 meses e colheu mais de 550 mil assinaturas. A instituição acusou o site de “lucrar com as atrações animais mais cruéis do mundo.”

A WAP afirmou, à época, que as avaliações feitas no site promoviam e lucravam com a crueldade contra várias espécies. É o caso dos passeios com elefantes que passam por um processo conhecido como ‘crush’, onde são colocados em pequenas gaiolas e espancados com pedaços de pau com pregos.

Em outros casos, tigres e leões são rotineiramente sedados para que fiquem mais seguros para os turistas posarem ao lado deles. Golfinhos tornam-se incapazes de brincar como se estivessem em mar aberto quando são limitados a uma piscina, o que eleva os níveis de estresse e altera o comportamento dos animais aquáticos.

Depois de meses de pressão, o TripAdvisor agora revelou que não só cancelou todas as vendas para atrações de animais como também desenvolverá um portal para informar aos turistas sobre as implicações éticas de tais experiências.

Os novos esforços do do TripAdvisor são um meio para ajudar a melhorar os padrões de saúde e segurança de animais, especialmente em lugares com proteções regulamentares limitadas"
Stephen Kaufer, presidente e CEO da TripAdvisor

“Acreditamos que o resultado final dos nossos esforços permitirão que os viajantes tomem decisões mais ponderadas sobre visitar uma atração animal e para escrever comentários mais significativos sobre essas atrações”, disse Kaufer.



COMENTE