*

São Paulo — Em alta desde o Carnaval, em que foliãs espalhadas pelo país todo curtiram a festa de rua com os seios à mostra, decorados com glitter ou adereços mínimos, a nudez feminina seguiu sendo valorizada na São Paulo Fashion Week. Juliana Jabour, Ellus, La Garçonne, Animale e TIG foram algumas das marcas que optaram por levar para as passarelas da 43ª edição do evento, modelos com os seios e — até a vagina — expostos.

A diferença da exposição realizada nessa temporada é que a abordagem tem zero conotação erótica ou sexual. E trata-se sim de um posicionamento feminino e feminista na linha de autoaceitação “meu corpo minhas regras”.

A Ellus levou para seu desfile de comemoração dos 45 anos da marca a modelo Rebecca Gobbi. Com os seios totalmente à mostra ela comentou a performance: “As pessoas têm que compreender que a nudez é uma coisa normal, devem ser mais tolerantes. Afinal, todo mundo tem peito”.

Já na quinta-feira (16/3), foi a grife A La Garçonne que fez uma apresentação cheia de transparências e partes íntimas reveladas. Várias modelos cruzaram a passarela com os seios à mostra. Uma delas desfilou com a vagina exposta.

Confira os looks mais reveladores da SPFW:

 

*A repórter viajou a convite do evento



COMENTE

 
modaspfwsão paulo fashion week