*

Após a queda do avião da Chapecoense, brasileiros resolveram ajudar as famílias dos jogadores e dirigentes comprando camisetas oficiais do time e também virando sócio torcedor do clube. A ideia é aumentar a arrecadação do time para ajudar as vítimas da tragédia.

Ao procurar as peças em sites de vendas on-line, compradores e clientes acharam a peça na Netshoes e acusam a empresa de aumentar o preço do uniforme. Segundo um print tirado por um usuário do Twitter, no início da manhã, o uniforme estava R$ 129 e depois passou para R$ 249.

A loja on-line justificou, por meio de nota no Twitter, que a peça estava com desconto por conta da Black Friday. “A camisa da Chapecoense estava com preço promocional, e na manhã de hoje (29/11), teve suas últimas unidades vendidas por R$ 159. Com o esgotamento do produto, por uma programação do sistema, o valor retornou ao preço original, R$ 249, junto com o alerta de indisponibilidade do produto. Reiteramos que no momento estamos sem estoque do produto e que, em nenhum momento houve intenção de aumento de preço”, explicou a empresa. “A Netshoes lamenta profundamente o ocorrido e se solidariza com todos os familiares, torcida e amigos envolvidos neste episódio”, concluíram.



COMENTE

 
futebolChapecoense#forçachape