*

Vou te contar um segredo: Brasília — e aqui pedimos licença para chamar assim também o que ultrapassa os limites do Plano Piloto — tem muito a oferecer. Se você parar para ouvir com carinho, a cidade faz vários convites. Jardins, parques ao ar livre e até uma Casa do Cantador estão espalhados por aqui. Neste Dia das Crianças, dê de presente aos pequenos a chance de conhecer e apreciar melhor os chamados da capital.

Casa do Cantador

Que tal ensinar um pouco de literatura de forma interativa e divertida para os pequeninos? A Casa do Cantador fica na QNN 32, área especial, Ceilândia Sul, e é considerada o Palácio da Poesia e da Literatura de Cordel no Distrito Federal. O local existe desde 1986 e é palco de grandes apresentações que trazem para perto um pouco da cultura nordestina. Lá existe também uma biblioteca batizada de Patativa do Assaré onde é possível encontrar um grande acervo de cordéis, entre eles exemplares de Jorge Amado e Ariano Suassuna.

Divulgação/Casa do Cantador
Taguaparque

Reformado há pouco mais de dois anos, o Taguaparque tem brinquedos de madeira que oferecem um mundo de diversão às crianças. Localizado no Pistão Norte, em Taguatinga, o local conta ainda com uma fonte refrescante e uma larga área de lazer – palco perfeito para um piquenique.

Reprodução/TripAdvisor

Praça dos Cristais

O Setor Militar Urbano tem um dos mais belos cartões postais da cidade, a Praça dos Cristais. Projetada por Roberto Burle Marx e Haruyoshi Ono, ela tem um lago onde frequentemente crianças vão para “fazer desejos” jogando uma moeda na água. Dentro do lago, existem ainda grandes esculturas que realmente se assemelham ao formato de cristais brutos. Um espaço que gera eco na Concha Acústica também é diversão garantida. Não é toda cidade que tem um monumento que “vira brinquedo”, não é mesmo?

Michael Melo/Metrópoles

Lago de Carpas na Quadra Modelo

A 308 Sul é considerada a “quadra modelo” de Brasília. Lá há ainda um famoso lago de carpas em frente ao bloco “F”. Os porteiros fornecem ração para os peixes e, diariamente, pessoas visitam o local para admirar a beleza dos animais.

Os segredos do Jardim

O Jardim Botânico tem muitas atrações. Uma delas é um Jardim de Cheiros ou Jardim Sensorial. O local promove a interação dos visitantes com a natureza estimulando os cinco sentidos. Ali são abrigadas coleções de plantas organizadas por suas características medicinais, aromáticas e condimentares. O visitante pode tocá-las e cheirá-las.

Há ainda o Jardim Japonês, o Jardim de Contemplação e o Jardim Evolutivo, garantindo uma bela tarde em contato com a natureza. A entrada para quem tem menos de 10 anos é gratuita. Adultos precisam desembolsar R$ 5. Acesse o site para conhecer mais.

Rafaela Felicciano/Metrópoles

 

 

 



COMENTE