*

“Qual o momento único na sua vida que você pensou que só poderia ter acontecido em um filme?” A pergunta foi feita em um site e, enquanto algumas pessoas davam relatos de quase morte ou mesmo seus encontros com celebridades, uma história chamou mais atenção.

O jovem Kevin Walsh contou como conheceu sua futura esposa, Blake, ainda na adolescência. E, mais que isso, como ela fez com que ele desistisse de tirar a própria vida. “Era uma vez um garoto de 13 anos em um acampamento de verão e a garota mais bonita que já vi veio até mim e disse: ‘preto é uma cor que fica bem em você’. Não sei o porquê. Conversamos, ficamos amigos e mantivemos contato”.

Walsh disse que os dois se falavam de forma esporádica, mas não houve um dia em que ela não viesse em seus pensamentos. No ensino médio, o então adolescente caiu em depressão profunda, chegando ao ponto de pensar em tirar a própria vida.  “Entre 5 e 10 segundos antes de cometer suicídio, meu telefone tocou. Eu verifiquei quem era — não poderia morrer sem saber. Foi um número que não reconheci, então atendi e era ela”, escreveu.

Kevin seguiu dizendo que Blake fez com que ele prometesse que ligaria no dia seguinte. “Naquela mesma noite, comecei a escrever as palavras que, 10 anos depois, eu usaria para pedi-la em casamento”.  Walsh disse ao BuzzFeed que tem recebido muitos comentários edificantes e que a melhor coisa a se fazer quando o suicídio se torna uma opção é conversar com alguém.

“Há poder em dizer isso em voz alta. Há uma boa chance de que, no momento em que sair da boca a vontade de se matar, você perceber que não é o que você quer, na verdade”, disse Walsh.



COMENTE

 
EUAsuicídiodepressão