*

Há três meses, Juliana Suemi, 36 anos, integra a equipe da Secretaria de Gestão de Pessoas, no Ministério do Planejamento. A funcionária, que luta contra um câncer de mama, logo chamou atenção ao usar turbantes sempre diferentes e bem montados. Para mostrar solidariedade e acolher a nova colega, diversos servidores da seção de Juliana aderiram ao estilo dela e organizaram o “Dia do Turbante”.

A ideia veio da diretora do departamento, Tarcilena Nascimento, quando teve uma conversa com Juliana sobre as maneiras de usar lenços na cabeça. “Convidar a equipe para aprender a montar turbantes foi uma forma de valorizar a habilidade que Juliana desenvolveu e celebrar a beleza interior dela”, contou Tarcilena.

Para Juliana, o dia “se tornou um presente”. A servidora falou que, ao longo da manhã, colegas de outras seções viram os turbantes sendo montados e quiseram participar. “A brincadeira acabou virando solidariedade. As pessoas se aproximaram mais de mim, procuraram entender melhor meu tratamento e me acolheram superbem”, disse.

Arquivo pessoal

Juliana (à esquerda, de camiseta listrada e turbante vermelho) chamou de “presente”

O carinho demonstrado para Juliana veio até de funcionários que ela não conhecia. “Pessoas de outras unidades vieram me cumprimentar desejando boa sorte, me abraçando​ e dizendo que ficaram emocionadas quando souberam do ato”, contou. A servidora também falou que se sentiu acolhida e em família.

Tarcilena reforçou a importância do dia: “Foi uma forma de celebrar a coragem e disposição positiva para a vida, lições que a Ju nos oferece”. A diretora ficou tocada com o apoio que os funcionários deram para Juliana. “A solidariedade foi o que mobilizou verdadeiramente as pessoas e esse é o sentimento que nos fortalece”, afirmou.



COMENTE