*

Na última quinta-feira (5/1), o apresentador do Multishow Gominho passou por uma situação complicada no Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro. Ele foi acusado de tentar roubar a bolsa de uma mulher enquanto escolhia um sorvete. Ele contou o ocorrido num vídeo publicado em seu Facebook.

“Estou muito triste e abalado com o que aconteceu. Estava esperando o embarque do meu voo e fui tomar um sorvete. Quando estava debruçado na bancada de vidro, olhando os sabores, tinha uma mulher bem perto de mim com uma garota mais nova, que parecia filha dela. Aí, do nada, a mulher puxou a menina e disse: ‘Olha aí, ele está mexendo na sua bolsa’.”

Ele então respondeu: “Não, meu amor, estou só olhando os sabores de sorvete”, ao que a mulher respondeu: “Eu sei o que eu vi, você mexeu na bolsa dela”. Neste momento, Gominho conta que os funcionários da Ben and Jerry’s, a sorveteria, estavam rindo da situação pois não acreditavam na mulher.

Então o homem que estava com ela, que parecia ser marido da mulher e pai da menina, se envolveu: “Já disse, é melhor você ir embora para não criar confusão maior. Já mandei você parar de falar porque você não sabe com quem está mexendo”. Gominho então perguntou se ele queria chamar a polícia, e saiu andando.

Mas ele decidiu voltar. “Voltei, me tremendo por dentro, porque eu detesto escândalo, e disse assim: ‘deixa eu falar uma coisa, eu só não vou tornar isso um escândalo porque, ao contrário do que vocês acham, eu estou indo trabalhar. Eu estou indo viajar para trabalhar, se não, eu tornaria isso uma grande confusão”, contou.

Neste momento, Gominho relatou que a mulher começou a gritar, o que fez a segurança do aeroporto ir até o local. “Os seguranças me conhecem, porque eu passo no aeroporto toda semana, o pessoal da sorveteria tentou explicar para eles que eu era uma pessoa pública”, disse.

Em seguida, o homem disse: “Você não sabe com quem está falando, porque eu sou diplomata, posso fazer disso algo muito pior. Eu não quero saber quem ele é, porque eu sou diplomata”. Gominho então virou as costas e foi embora.

“Imagina se eu fosse Vinicius Gomez? (seu nome real) Imagina se fosse você que estivesse lá. Se eu não fosse uma pessoa conhecida, eu poderia ter sido preso, poderia ter sido linchado igual a muita gente que é linchada na rua, às vezes sem nem saber por quê. Me senti humilhado”, desabafou Gominho.



COMENTE

 
Rio de JaneiroAeroporto Santos DumontGominho