*

O amor só está fazendo bem a Fernanda Gentil. E ela não deixa de reforçar o quanto seu namoro com a jornalista Priscila Montandon tem mudado sua vida. Capa da revista “Boa Forma”, a apresentadora do “Esporte Espetacular” deixa claro: não importa o gênero de quem se ama.

“É óbvio que nunca imaginei que um dia eu fosse gostar de uma mulher, mas aprendi desde cedo que não é o que a gente vê da pessoa, é o que a gente sente por ela que importa”. Mesmo tendo sido pega de surpresa quando se viu apaixonada por Priscila, Fernanda não deixa que ninguém faça troça quanto à sua sexualidade. Sempre mantendo a classe.

No dia 13 de fevereiro, por exemplo, a apresentadora recebeu uma ofensa gratuita no Twitter. Um seguidor a chamou de “sapatão”. A resposta foi, ao mesmo tempo, hilária e poderosa: “Oi, fala!”. Na edição, ela comenta que aprendeu com os pais que ninguém se apaixonada pelo exterior, mas pelo caráter de cada pessoa. “Eu não faço um grande problema do que não é um grande problema. Não fiquei especulando no que ia dar. Só liguei o botão do ‘Vamos esperar passar’.”

Fernanda é a primeira jornalista a ser capa da “Boa Forma”. E os méritos são visíveis (veja na galeria abaixo). Além de falar sobre o relacionamento, ela conta como foi o processo que envolveu a gravidez do filho, Gabriel, que tem 1 ano meio, a separação do marido e ainda como perdeu 5 quilos desde que deu à luz.

 

 

 

 

 

 



COMENTE

 
Fernanda Gentilhomossexualidadeboa forma