*

Em um ano cheio de momentos que inspiraram grandes celebrações e “fossas” intensas, nada se fez tão presente e necessário quanto uns #bonsdrinks. E não faltaram novidades nesse segmento ao longo dos últimos meses.

Declarado como drink do verão, o Aperol Spritz entrou na listas das bebidas mais pedidas há algumas temporadas, mas foi nos primeiros meses do ano que ele se tornou febre nas praias e festas à beira da piscina.

Giovanna Bembom/Metrópoles

O posto de drink do momento rapidamente foi ocupado pelo Moscow Mule. O coquetel feito com vodca, suco de limão e solução de gengibre servido em uma canequinha de cobre charmosa marcou presença em inúmeros bares e restaurantes da capital.

Com um pezinho na década de 1950, a história conta que o Moscow Mule foi inventado na década de 1950 como parte de uma ação de marketing para ajudar a popularizar a vodca nos Estados Unidos. A origem do termo é motivo de polêmica entre os apaixonados pela bebida, mas todos concordam que a “mula de Moscow” faz referência direta ao seu alto teor alcoólico que varia entre 35% e 60%. Algo similar a um coice de tão forte.

Giovanna Bembom/Metrópoles

Depois de beber muito Aperol e virar muitas canequinhas de Moscow Mule, o brasiliense se entregou a moda do gim. As marcas especializadas na bebida transparente feita a partir de cereais viram a demanda crescer nas principais praças do país e Brasília acompanhou o movimento.

Bartenders criaram receitas exclusivas; bares investiram em parcerias com os principais rótulos presentes no mercado nacional e festas incluíram o gim em suas opções open bar.

Os principais bureaus de tendências do país apontam que o gim vai bombar durante os próximos meses e deve ser a base do drink do verão 2017.

Felipe Menezes/Metrópoles

Para finalizar a retrospectiva dos “bons drinks” em 2016 não podíamos deixar de fora a gourmetização da Catuaba Selvagem, velha conhecida do brasiliense baladeiro.

Após ganhar o verão de cidades como Caraíva, Trancoso e Ilhabela, a catú virou hit entre os hipsters de São Paulo e a galera descolada do Rio de Janeiro. Também foi lançada uma nova versão, que mistura açaí às ervas afrodisíacas encontradas na composição tradicional. O novo produto foi recebido com euforia pelos fãs nas redes sociais.

Para quem animar e quiser fazer em casa, siga as dicas:

Gim tônica com especiarias por Help!Bar

8 Pedras de gelo
50 mL de gim
Meia lata de água tônica
Mexer e acrescentar duas fatias de tangerina e dois ramos de alecrim.
Servir na taça de vinho Bordeaux

Moscow mule por Help!Bar

5 pedras de gelo
50ML de vodka
20ML de suco de limão
Completar com espuma de gengibre/gengibier (feita da mistura de gengibre com cerveja ou de de gengibre com açúcar)
Servir na caneca de cobre



COMENTE

 
Gim TônicaDrinksAperol Spritzmixologiacoquetelaria