*

Muito já se foi dito sobre o poder dos abdominais. Basta entrar numa academia para perceber que as variações podem ser feitas de diversas formas e ir do moderado ao avançado – desde que você realmente esteja apto para isso.

No entanto, é grande o debate em torno de quais exercícios realmente funcionam, especialmente quando se leva em conta os famosos, e nem sempre coerentes,  “papos de academia”. Tudo isso porque quando falamos dessa área do corpo, mais do que um treino bem executado é necessário muita atenção para que durante a prática você não tenha nenhum dano.

Pensando nisso, fomos investigar com a personal trainer Lu Martins quais são os mitos e verdades mais difundidos na hora de querer conquistar a tão almejada barriga tanquinho.

 

IStock Photo

“Se você não sente dor quando você malha o abdômen é porque não está exercitando o músculo direito”

Para a profissional, isso não passa de um mito. De acordo com Lu, para exercitar corretamente um músculo devemos nos atentar para três coisas: a forma, a amplitude e a cadência. “Enquanto manter a forma significa executar corretamente o exercício, a amplitude envolve a contração e alongamento total do músculo e a cadência nada mais é que o tempo de execução do exercício”, explica a personal. “Sentir dor muscular ou não durante a execução está relacionado à intensidade, que pode ser causada por outros fatores como sobrecarga ou métodos de treinamento”

 

“Usar tiras de neoprene ajudam a obter melhores resultados”

Febre entre as Kardashians, as faixas de neoprene viraram um hit também entre o público brasileiro. Contudo, Lu não acredita muito na teoria acima e diz que a faixa causa apenas uma compreensão local temporária. “Ela não diminui a gordura localizada no abdômen. O uso contínuo desta faixa, assim como cinta modeladora para treinar, poderá causar, na realidade, enfraquecimento dos músculos do core – pela menor ativação dos músculos desta região durante os exercícios – podendo levar a lesões na coluna.

IStock Photo

“Para melhores resultados você deve fazer abdominais todos os dias”

Mito. Lu indica que, para obter resultado seguro, eficiente e a longo prazo, os músculos precisam do descanso adequado de acordo o estímulo que foi dado. “Os músculos do abdômen não são diferentes de outros tecidos do corpo. Para hipertrofia é preciso descansar. Além disso, fazer abdominal todos os dias poderá causar lesões na coluna, especialmente lombar e cervical”.

 

“Exercícios abdominais não reduzem o excesso de gordura abdominal”

Verdade. Segundo a profissional, não existe nenhum exercício que diminua gordura localizada seja no abdômen ou em qualquer outro lugar do corpo. “Quando o percentual de gordura diminui, o corpo inteiro segue essa harmonia. Para ter um abdômen bonito na “honestidade”, o segredo é se atentar a uma alimentação saudável, através de uma dieta individualizada, exercício físico – de preferência musculação – e reeducação postural.

IStock Photo

 

“Dores musculares no abdômen após um dia de treino intenso significa que o treino foi eficaz”

Mito. Lu é categórica ao afirmar que a dor muscular tardia é apenas um indicativo, em algum grau, da ocorrência do dano muscular e não é uma medida confiável para mensurar se o treino foi eficiente ou não. “A presença da dor muscular tardia vai diminuindo progressivamente com a adaptação. A melhor forma de avaliar se o treino foi eficiente e observar com o tempo o ganho de força, a melhora na execução e se você consegue tudo isto com qualidade, sem causar danos a seu corpo”

Lu ressalta ainda que o segredo para quem deseja ter o abdômen travado está nos agachamentos. “Os treinos de membros inferiores recrutam bem a musculatura da região do abdômen, especialmente agachamento e leg press. Por isso é sempre bom investir pesado nesses tipo de atividade, sempre prestando atenção a fatores como postura e recebendo o auxílio de um profissional”.

 

IStock Photo

COMENTE

 
FitnessSaúde