*
 

Uma travesti que trabalha como garota de programa em Praia Grande, no litoral de São Paulo, foi furtada dentro de um motel por um cliente que a havia contratado horas antes pela internet.

Revoltada com a situação, ela fez postagens em grupos nas redes sociais estampando o rosto do suposto assaltante e pedindo a devolução dos pertences.

O caso ocorreu na manhã de domingo (8/1). Dayane Larraya Rios foi até um motel na cidade com um rapaz e, após realizar o programa, recebeu o pagamento normalmente. Em seguida, foi até o banheiro. Ao sair, percebeu que havia sido furtada.

Após as publicações na rede social, a família do rapaz entrou em contato com Dayane para ressarci-la. A pedido dos parentes dele, Dayane apagou a postagem.

Veja a publicação:

Reprodução/Facebook

 

 

 

COMENTE

travestimotelpraia grande
comunicar erro à redação