*
 

Uma professora norte-americana de ensino fundamental deu uma aula de generosidade ao ajudar uma aluna que sofria de uma rara condição de saúde. Ao descobrir que Natasha Fuller, de 8 anos, tinha uma séria doença renal, a educadora Jodi Schmidt não pensou nem duas vezes e decidiu doar um rim à menina.

Natasha é aluna do 2º ano da Escola Primária de Oakfield, nos Estados Unidos, e sofria de uma doença chamada Síndrome de Prune-Belly, que prejudicava o funcionamento de seus rins e a levava a passar por sessões regulares de hemodiálise.

Reprodução

Jodi, que dá aulas na mesma instituição de ensino em que a menina estuda, só descobriu a gravidade do problema de Natasha quando viu uma campanha desesperada da família da pequena no Facebook. “Eles estavam desesperados para encontrar um doador compatível. Ver aquilo me atingiu e eu disse a mim mesma que faria o teste” disse Jodi à CNN.

A professora passou por exames, nos quais se descobriu que ela era totalmente compatível. O transplante foi realizado em maio e a garota não precisará mais passar por sessões de hemodiálise. “Estou muito feliz que Natasha esteja indo tão bem. Espero que nossa história inspire outros a serem doadores de órgãos”, disse a educadora em um comunicado divulgado pelo hospital após a cirurgia.

Reprodução  

 

COMENTE

comunicar erro à redação