*
 

Maior produtora de filmes pornográficos do país, a Brasileirinhas decidiu investir novamente no momento político nacional em um dos seus filmes. A empresa acaba de lançar “Felação Premiada”, continuação do sucesso “Leva-Jato”, que tem roteiro baseado na Operação Lava-Jato.

A nova película foca nas negociações entre réus e promotores de Justiça. Segundo o colunista Lauro Jardim, o filme já começa com uma cena na qual os termos da delação de duas “investigadas” é definido de uma forma nada jurídica com um promotor.

O longa, dirigido por Gil Benzadon, foi gravado em resolução 4K e, segundo a produtora, mostra atrizes que têm se destacado no setor, como Fabiane Thompson, Angel Lima, Emme White e Isabella Martins. Em setembro, o Metrópoles esteve na sede da empresa, durante as filmagens do reality show Casa das Brasileirinhas.

Os sites da produtora recebem mais de 6 milhões de usuários únicos por mês. Fundada por Luis Alvarenga, a Brasileirinhas completou 20 anos em 2016.

 

 

 

 

 

 

 

COMENTE

Lava Jatopornografiaoperação leva jatobrasileirinhas
comunicar erro à redação