*
 

Um caso bizarro movimentou o aeroporto de Graz, Áustria. Uma mulher foi parada pelos oficiais do local, quando estava passando pela alfândega, por agir de maneira estranha. Ao abrirem a mala dela, a surpresa: o intestino do marido dela estava lá dentro.

A mulher confessou aos oficiais que o órgão era do marido morto e que ela estava levando para o intestino para uma análise, pois ela suspeitava que o esposo tinha sido envenenado. Os oficiais, então, pegaram o “item” inesperado e colocaram em dois vasilhames, como conta o jornal Daily Mail.

O intestino ficou no aeroporto, mas a mulher foi liberada. Ainda não se sabe o que será feito com o órgão.

 

 

COMENTE

viagemIntestino
comunicar erro à redação