*
 

Após a mulher que acreditava estar grávida de 15 meses, mas os médicos diziam que é gordura, agora é a vez de uma chinesa esperar por um filho há 17 meses. Mas, dessa vez, tudo indica que é real. Wang shi, da província de Hunan, disse que realmente está grávida e que o bebê deveria ter nascido em novembro do ano passado. No entanto, ao chegar no hospital naquela época, os médicos disseram que ela não estava pronta para ter o filho.

“Eu e meu marido estamos indo ao hospital uma vez por semana desde então para que eu possa dar à luz. Já custou mais de R$ 5 mil apenas com checkups. Perdemos a nossa paciência”, contou ao The Mirror. Segundo os médicos, ela está com placenta prévia, uma complicação na qual a placenta está fixada à parede uterina cobrindo parcial ou totalmente o cérvice uterino.

Essa condição ocorre em uma a cada 200 gravidez. O filho de Wang já tem 3,8kg e, cansada de esperar, pediu para que fizessem uma cesárea. Ela recorreu ao governo para obter o direito e, se ficar provado mesmo o problema, os médicos poderão realizar o procedimento. Segundo o The Mirror, se for verdade, ela vai bater o recorde de gravidez humana de maior tempo. O último recorde foi em 1945, quando uma mulher esperou por 12 meses.

 

 

COMENTE

grávida
comunicar erro à redação