*
 

Primeiros encontros costumam ser recheados de nervosismo e muitos imprevistos, mas um romance na Inglaterra parece ter quebrado todos os recordes. Até os bombeiros tiveram que ser chamados para resgatar uma menina que estava prensada de cabeça para baixo entre duas janelas.

Tudo começou quando Smyth e uma garota, que permanece no anonimato para evitar constrangimentos, se conheceram no Tinder. Eles marcaram um encontro e saíram para jantar. Depois da refeição, foram para a casa do jovem estudante assistir a um filme. No meio do longa, a menina resolveu ir ao banheiro, e foi aí que tudo desandou.

O vaso sanitário entupiu e, com vergonha, em um momento de desespero, ela embrulhou seus dejetos em papel higiênico e jogou pelo basculante do cômodo. Acontece que a janela da casa de Smyth não era virada para um jardim. Ela fica encostada na janela da casa vizinha. Reconhecendo a situação complicada em que tinha se metido, ela foi correndo para o seu par e explicou a situação.

Ele estava pronto para quebrar a janela, quando a garota revelou que já tinha sido ginasta e disse que conseguiria alcançar com facilidade o pacotinho que estava entre as duas janelas. O rapaz ajudou ela a pular, mas o espaço entre as duas casas era menor do que o previsto. A jovem conseguiu remover o dejeto, no entanto, ficou presa entre as duas placas de vidro.

Depois de 15 minutos tentando sair daquela posição incômoda, Smyth ficou preocupado com a integridade física da jovem e chamou os bombeiros, que realizaram o resgate. Mas para isso, eles tiveram que quebrar completamente a janela.

Go FundMe/Reprodução

Distância entre as duas janelas

O casal voltou a se encontrar e criaram uma vaquinha virtual para levantar o dinheiro necessário para substituir o vidro. O montante já foi alcançado — e superado. O rapaz irá doar o valor recebido a mais para uma instituição que cuida de saneamento básico em países de terceiro mundo e para o Corpo de Bombeiros. Ele também admitiu ao jornal inglês Daily Mail que talvez volte a se encontrar com a garota.

 

 

 

COMENTE

bombeirosbanheirotinderencontrococo
comunicar erro à redação