*
 

Moradores das quadras 1 e 2  e da área comercial do condomínio Império dos Nobres, localizado no Setor Habitacional Boa Vista, em Sobradinho, receberam neste sábado (1/10), depois de mais de 20 anos de espera, a escritura de seus terrenos. Cerca de 370 famílias foram beneficiadas com a regularização do parcelamento. Os imóveis estão localizados em terra particular, pertencente Urbanizadora Paranoazinho (UPSA).

A área foi registrada no mês passado no Cartório de Registro de Imóveis de Sobradinho. A regularização é a terceira conquistada pela UPSA – após o Vivendas Friburgo e Mansões Colorado – desde que a empresa adquiriu uma grande propriedade na região do Colorado, onde mais de 50 parcelamentos haviam sido irregularmente instalados.

A regularização do Império dos Nobres foi possível uma vez que a UPSA cumpriu todas as etapas e exigências legais, como licenciamento ambiental, aprovação urbanística e, finalmente, decreto de aprovação assinado pelo governador Rodrigo Rollemberg, beneficiando diretamente 285 lotes residenciais e outros 77 comerciais ou de uso misto, localizados às margens da rodovia BR-020. A parte do condomínio instalada em áreas públicas não foi regularizada.

Para equacionar a regularização das áreas de sua propriedade, a UPSA desenvolveu uma solução técnico-jurídica inédita no Distrito Federal. A metodologia tem como ponto central a assinatura de um Termo de Compromisso que regula questões como a drenagem de águas de chuva, criação de áreas para equipamentos públicos, entre outros.

A regularização do Império dos Nobres vem sendo discutida desde 2008. Trata-se do primeiro condomínio regularizado no Setor Habitacional Boa Vista. No Grande Colorado, no entanto, muitos moradores já conquistaram suas escrituras por intermédio da UPSA. No ano passado, 234 famílias do Vivendas Friburgo foram contempladas com a escritura definitiva dos seus lotes e, em fevereiro deste ano, a conquista foi das 380 famílias do condomínio Mansões Colorado.

 

 

COMENTE

Urbanizadora Paranoazinhocondomínio império dos nobres
comunicar erro à redação