*
 

Mais de metade da população do Lago Norte tem ensino superior completo. O número de pessoas com graduação corresponde a 55,99% dos residentes na região administrativa. Esse montante inclui pessoas com especialização, mestrado e doutorado.

Os dados são da Pesquisa Distrital por Amostra de Domicílios (Pdad), divulgada pela Companhia de Planejamento do Distrito Federal(Codeplan) nesta quinta-feira (6).

A mostra levou em consideração as quadras do lago (QL) e quadras internas (QI), além do Setor de Mansões, o Setor Habitacional Taquari, o Centro de Atividades – na entrada da região administrativa – e núcleos rurais.

O segundo maior grupo por escolaridade é o dos que não concluíram o ensino fundamental (13,83%). Os que terminaram o ensino médio correspondem a 10,78% do total da população, estimada em 37.455 habitantes. Desses, 79,09% não estudam, 11,82% frequentam escola pública e 9,09%, particular.

A maioria dos habitantes do bairro trabalha no Plano Piloto (63,02%). No próprio Lago Norte, são 18,77%. O porcentual traduz o aumento de postos de trabalho na região administrativa, que subiu de 14,38% em 2013 para 18,77% em 2016.

O presidente da Codeplan, Lucio Rennó, disse que os números relativos a pessoas empregadas no Plano Piloto se repetem nas pesquisas de outras regiões administrativas. “O Plano Piloto tem tendência a reter os trabalhadores com ensino superior, enquanto as pessoas que trabalham nas próprias regiões tendem a ter escolaridade mais baixa”, explicou.

Entre a população em idade ativa, 51,9% têm atividade remunerada; 23,62% são aposentados; 12,28% estudam; e 4,95% estão desempregados.

Luz elétrica e coleta de lixo na quase totalidade dos domicílios

Outro número que chama a atenção na pesquisa é o de serviços básicos. A rede de energia elétrica é distribuída para 99,2% das casas. O abastecimento de água alcança 93,4% e o esgotamento sanitário, 80,6%.

O serviço de coleta de lixo existe em 96% dos domicílios — 77,6% deles com recolhimento seletivo. Os índices também são altos no atendimento de iluminação pública (94%), em ruas asfaltadas (87,2%) e com meio-fio (86,4%), na rede de água pluvial (83,6%) e em calçadas (85,8%).

Os moradores com faixa etária de 25 a 59 anos correspondem a 50,78% da população. O segundo maior grupo é o de pessoas acima dos 60 anos de idade (25,07%), seguido por menores de até 14 anos (12,79%). As mulheres representam a maior parte da população (51,17%).

O administrador regional do Lago Norte, Marcos Woortman, também esteve presente no evento. “Gosto de saber como esses dados são levantados e os uso para melhorar o gerenciamento local”, disse ele.

Divulgação/Agência Brasília  

 

COMENTE

Lago NorteCodeplanPdad
comunicar erro à redação