*
 

O acesso à educação infantil no Sol Nascente, a maior favela da América Latina, não é fácil. Segundo a Pesquisa Distrital por Amostra de Domicílios, 80% das crianças de até 4 anos que moram na região estão fora da escola. Com o objetivo de diminuir esse problema, membros do Centro Espírita O Consolador iniciaram a construção da creche Léon Denis, que vai atender gratuitamente às famílias da região.

A primeira fase da obra, que previa a colocação de estacas e o preenchimento de gaiolas de construção, foi concluída com dinheiro arrecadado por meio de uma campanha na internet. Agora, o grupo recorre ao mesmo método para continuar com o projeto da creche. A próxima etapa é a de edificação de vigas e pilares, e o grupo precisa terminar de arrecadar os R$ 50 mil necessários para a obra nos próximos 31 dias.

Até a quinta-feira (15/9), 65 pessoas já tinham contribuído com a campanha, reunindo R$ 12,7 mil por meio do portal Catarse. A meta, no entanto, ainda está longe de ser batida. “Essa etapa de fundação é mais cara por conta do terreno e porque ela tem que ser forte para suportar os três pavimentos previstos no projeto”, conta Nayla Paim, 30 anos, uma das dirigentes do projeto.

A construção toda tem um custo previsto de cerca de R$ 500 mil. Como a quantia é alta, o grupo pretende finalizar primeiro um pavimento e já começar a atender por volta de 50 crianças. A partir daí, a ideia é procurar patrocinadores para aumentar o prédio e o número de famílias atendidas. Além da creche, a entidade quer criar cursos profissionalizantes para jovens da região e contratar mão de obra da própria comunidade, para ajudar a população do Sol Nascente em geral.

“Um projeto como esses tem uma importância enorme”, explica Nayla. “A educação é o que forma a sociedade e é para oferecer isso que a gente trabalha. Nosso principal objetivo é oferecer uma vida com perspectiva melhor para os moradores da região”, continua.

O Centro Espírita O Consolador, responsável pelo projeto da creche Léon Denis, tem atividades religiosas, mas o apoio social oferecido a comunidades carentes independe de crenças. O grupo já atua no Sol Nascente há 11 anos com atividades diversas. Para contribuir com a campanha de construção da creche, clique aqui.

 

 

COMENTE

Campanhacrechesol nascenteLéon Denisarrecadação de dinheiro
comunicar erro à redação