*
 

Um homem foi preso na BR-080, em Brazlândia, nesta quinta-feira (1/12), suspeito de trabalho escravo. Em um caminhão-baú, com área de 3 metros quadrados, ele foi flagrado levando 15 pessoas que venderiam panelas em vários pontos do DF. De acordo com a Polícia Militar, os trabalhadores contaram que sequer recebiam comida.

Segundo os trabalhadores, eles eram contratados em estados do Nordeste, principalmente Paraíba e Ceará, e mantidos em condições precárias.

Disseram que ficavam por um período de quatro meses numa chácara e todos os dias eram distribuídos em locais do DF para vender os objetos. No final do dia, eram “recolhidos” pelo caminhão, onde muitas vezes dormiam (foto de destaque).

Pelo serviço, contaram que recebiam uma comissão por cada panela vencida e que por conta de adiantamentos chegavam ao fim do mês devendo ao patrão e, por isso, não conseguiam sair do local.

Como envolve um crime interestadual, todos foram levados para a Polícia Federal.

 




 

COMENTE

trabalho escravo
comunicar erro à redação