*
 

Após a tragédia com o avião que transportava a delegação da Chapecoense para Medellín, na Colômbia, com 81 pessoas a bordo, sendo 72 passageiros e 9 tripulantes, clubes de todo o mundo se manifestam nas redes sociais na manhã desta terça-feira (29/11).

Até o momento, há confirmação de que os jogadores resgatados são: Folmann, Danilo e Alan Ruschel. Por causa do acidente, a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) já informou o cancelamento do primeiro jogo da decisão, marcado inicialmente para esta quarta.

A autoridade máxima do futebol sul-americano disse em um comunicado que “até nova ordem” ficam suspensas todas suas atividades e que seu presidente, Alejandro Domínguez, está seguindo para Medellín com o objetivo de acompanhar de perto o transcurso dos fatos.

A entidade, com sede em Assunção (Paraguai), disse que “lamenta bastante o ocorrido” e que está em contato com as autoridades colombianas.

Em comunicado, o clube de Santa Catarina informou que espera pronunciamento oficial da autoridade aérea colombiana sobre o acidente.

Reprodução/Facebook

Em seu perfil no Twitter, o Atlético Nacional, que disputaria a final da Copa Sulamericana com o time de Santa Catarina, lamentou o acidente e prestou solidariedade a Chapecoense: “Atlético Nacional lamenta profundamente e se solidariza com @chapecoensereal por acidente ocorrido e espera informação das autoridades”.

Reprodução/Facebook

No Twitter, diversos clubes prestam apoio ao time. Alguns até mudaram o avatar oficial dos clubes para o do Chapecoense:

Também no Twitter, a prefeitura de Medellín informou que enviou reforços nos grupos de busca para o local, além de já ter deixado as redes hospitalares de plantão.

 

 

COMENTE

acidenteChapecoenseMedelin
comunicar erro à redação