*
 

Um schnauzer se transformou em mascote de um mosteiro franciscano na cidade de Cochabamba, na Bolívia, e a notícia viralizou. O cachorro foi abandonado e os monges o adotaram há quatro meses.

Em entrevista ao canal de TV ATB Notícias, o frei Jorge Fernandez contou que o pet recebeu o nome de Carmelo em homenagem a outro monge do local. O cão ganhou um hábito igual ao dos religiosos (em versão canina, é claro) para vestir em ocasiões especiais. São Francisco é considerado o protetor dos animais.

As cenas do cachorrinho estão fazendo sucesso na internet. Ele até recebeu um apelido carinhoso: Frei Bigode.

Confira os cliques:

 

 

COMENTE

bolívia
comunicar erro à redação