*
 

Para quem gosta de gatos, a notícia não é nada boa. Um estudo do Centro de Prevenção e Controle de Doenças dos Estados Unidos mostrou que fazer carinhos, brincar e, principalmente, beijar os felinos pode levar as pessoas à morte. Segundo os pesquisadores, alguns carregam uma bactéria chamada Bartonela henselae, que podem causar dor de cabeça, febre, inchaços nos gânglios e até levar a problemas no coração e no cérebro.

Segundo o relatório, a cada ano mais de 12 mil pessoas são diagnosticadas com a chamada “febre do arranhão” e cerca de 500 são hospitalizadas. A incidência dessa doença é maior em crianças de 5 anos a 9 anos. “A doença, apesar de rara, pode causar um número significativo de infecções anuais, algumas podem levar a enxaquecas bem como endocardite, dobrando potencialmente condições mortais”, segundo Robert Glatter, médico do Lenox Hill Hospital, em Nova York, ouvido pela emissora americana CBS News.

Os médicos recomendam que os donos desses animais lavem as mãos após acariciar os gatos e evitem entrar em contato com eles nas ruas, assim como evitar ao máximo beijá-los. “Se você fizer isso, não terá que se preocupar tanto”, disse o médico.

 

 

COMENTE

Gato
comunicar erro à redação