*
 

Constantemente atingido por tragédias naturais, o Haiti tenta se recuperar do Furação Matthew, que levou à morte mais de 1 mil pessoas. Aqueles que sobreviveram estão sem comida, casa e produtos de higiene. Além disso, há o perigo de transmissão de doenças graves, como a cólera, que pode levar a mais vítimas fatais.

Vale lembrar que o país já havia sido devastado por um terremoto em 2010. No entanto, o Matthew é o furacão mais forte que atingiu o Haiti na última década. A estimativa é que 60 mil  pessoas estejam desabrigadas no momento, vivendo em abrigos temporários.

Nesta sexta-feira (14/10), uma aeronave Hércules, da Força Aérea Brasileira (FAB), partirá de Brasília para levar mantimentos de apoio aos desabrigados. Nessa remessa, serão enviadas 75 barracas com área útil de 25 metros quadrados cada, usadas pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec) do Ministério da Integração.

Para quem também quiser colaborar, a Embaixada do Haiti no Brasil está disponibilizando uma conta-corrente para receber doações. O dinheiro será revertido em ajuda às vítimas.

Nesta quinta (13), o órgão divulgou uma nota oficial agradecendo ao povo brasileiro pelo “apoio e simpatia” e divulgou os dados bancários:

Banco do Brasil

Agência: 1606-3

Conta Corrente: 982.054-X

Produtos e alimentos ainda não devem ser doados porque a Embaixada não tem estrutura montada para receber e encaminhar os materiais. Veja abaixo a nota divulgada:

Nota Embaixada do Haiti – Nota de imprensa (1)carta  

 

COMENTE

Haitiembaixadafuracão Matthew
comunicar erro à redação