*
 

Uma professora casada foi considerada culpada e terá que cumprir 32 meses de prisão por abuso de menor. Segundo a Justiça, Jill Meldrum-Jones, 37 anos, fez sexo oral em um aluno de 15 anos durante um voo, que retornava para a cidade de Kineton, Reino Unido, após um passeio promovido pela escola.

Os advogados de acusação disseram que Jill, que é mãe de dois filhos, praticou o ato por três vezes no adolescente enquanto estava no avião. “Você, na época, era uma professora assistente que tinha a responsibilidade de cuidar dos jovens. É ultrajante que você tenha perdido seu senso que permitiu que agisse assim”, disse o juiz, segundo o jornal Metro.

A corte entendeu que isso foi um erro da professora, mas que a ausência dela em casa já seria um “inferno” para o marido e as crianças. “Você e sua família devem entender que os juizes devem seguir as leis. Trinta e dois meses de prisão é a menor sentença nessas circunstâncias”, completou o juiz.

 

 

COMENTE

professora
comunicar erro à redação