*
 

O vice-presidente do Uruguai, Raul Sendic, renunciou em meio às alegações de corrupção quando era chefe de petróleo da estatal ANCAP.

Sendic anunciou sua renúncia neste sábado (9/9), após seu partido político afirmar que ele pode ter se envolvido em “uso inaceitável de recursos públicos” e o acusar de mentir em defesa própria.

As denúncias surgiram em junho deste ano, quando a publicação semanal Busqueda noticiou que, entre 2010 e 2013, Sendic usou cartões de crédito corporativos para a compra de joias, eletrônicos, móveis e outros itens em lojas de departamento. Dois jornalistas também publicaram cópias das faturas dos cartões de crédito.

Sendic não conseguiu explicar as compras durante seu julgamento e disse que pareciam “estranhas”. O caso também está sendo estudado por uma entidade pública contra a corrupção. (Fonte: Associated Press)

 

 

COMENTE

corrupçãoUruguaidenúnciarenunciavice-presidente
comunicar erro à redação