*
 

Na noite deste domingo (9/10), os candidatos à Presidência dos Estados Unidos encaram o segundo debate da campanha. A democrata Hillary Clinton e o republicano Donald Trump se enfrentam em um momento crucial da disputa, após vazamentos complicarem a vida do empresário e apresentador de televisão. O encontro começou às 22h.

Ao contrário do primeiro debate, em que o moderador Lester Holt selecionou os temas e as perguntas, o encontro deste domingo será um pouco diferente. A maior parte dos questionamentos será decidida pelo público. A apresentação caberá aos jornalistas Anderson Cooper e Martha Raddatz.

Além de assuntos quentes na agenda americana, como o controle de armas, os candidatos também vão abordar o sistema de saúde do país e outros tópicos como educação, legalização da maconha, justiça criminal e infraestrutura.

Um dos assuntos mais esperados é o último escândalo envolvendo o nome de Trump. Na última sexta-feira (7), reapareceu na internet um vídeo de 2005 no qual o republicano aparece se gabando de seu status de celebridade e fazendo comentários ofensivos e sexistas sobre mulheres.

O vazamento levou sua campanha a um ponto de crise. Neste sábado (8), ele se desculpou formalmente pelas declarações antigas e alegou que, na realidade, foi Bill Clinton que “abusou de mulheres” e que Hillary é a responsável por “intimidar, atacar, envergonhar e fazer bullying com essas vítimas”.

A tentativa de contornar o problema não foi suficiente para outros republicanos. O candidato perdeu recentemente o apoio de John McCain, que disse em comunicado que ficou “impossível continuar oferecendo apoio, mesmo que condicional, à sua candidatura”.

 

 

 

COMENTE

donald trumphillary clintonestados unidos
comunicar erro à redação