*
 

A polícia francesa decretou, oficialmente, nesta segunda-feira (4/9), a prisão de um homem de 34 anos que confessou contato com a menina Maelys, de 9 anos, desaparecida durante festa de casamento em Pont-de-Beauvoisin, em 27 de agosto deste ano. A identidade do suposto criminoso não foi divulgada.

O suspeito, que já tinha sido detido na semana passada para prestar depoimento, admitiu que “teve contato com a menina, assim como várias outras pessoas”, na noite do sumiço da jovem. “Ele estava fumando perto do seu carro quando duas crianças, entre elas Maelys, aproximaram-se para ver se havia um cachorro dentro do veículo”, alegou o advogado do suspeito, Barnard Méraud.

“As crianças subiram no banco traseiro do carro, mas, depois, saíram”, completou. A polícia francesa informou que foram encontrados traços do DNA de Maelys dentro do carro do suspeito. Os agentes começaram a desconfiar do homem por ter levado o veículo para lavar um dia após a festa.

A jovem desapareceu no estacionamento do local onde ocorria a festa de casamento. Maelys tinha ido ao evento com sua família. O suspeito, que é amigo do pai de Maelys, negou que tenha raptado a menina ou feito algo com ela. Ele já tem passagem pela polícia por crimes menores ligados a substância ilícitas.

 

 

COMENTE

FrançadesaparecimentoMaelys
comunicar erro à redação