*
 

A polícia norte-americana encontrou há pouco um segundo artefato explosivo nas imediações de onde, na noite de sábado, houve uma explosão que deixou 29 pessoas feridas em Nova York. Esse segundo objeto era uma panela de pressão conectada ao cabo de um celular, semelhante ao explosivo utilizado na explosão da maratona de Boston, em 2013. A informações são do site G1. A panela de pressão, que foi transformada em uma bomba caseira, entretanto, não explodiu.

Explosão
Uma forte explosão voltou a assustar os moradores de Nova York no mesmo mês em que a cidade relembra os 15 anos dos atentados do 11 de setembro. A detonação de um explosivo em um container no bairro do Chelsea, na rua 23, entre as 6a e 7a avenida em Manhattan, deixou 29 pessoas feridas na noite desse sábado (17/9).

Segundo noticiou a CNN, a bomba teria sido feita dentro de uma panela de pressão. O prefeito da cidade, Bill de Blasio, declarou que a explosão foi intencional, mas não há indícios que apontem para um atentado terrorista.

Ontem pela manhã, uma outra bomba explodiu em Nova Jersey, aproximadamente 120 km de Manhattan, mas não deixou feridos. O prefeito afirmou que os dois atos não têm relação.

 

 

COMENTE

TerrorismoNova Yorkpanela de pressão
comunicar erro à redação