*
 

Duas pessoas ficaram gravemente feridas após serem agredidas por um homem portando um martelo no nordeste da França, na região de Bourgogne-Franche-Comté.

Segundo testemunhas, o agressor, vestido com roupas pretas, aparentava ter problemas psicológicos e teria gritado “Allahu akbar” (Deus é grande) antes do ataque. Após ferir duas transeuntes em ruas da comuna de Chalon-sur-Saône, no Saône-et-Loire, ele conseguiu fugir.

Com a ajuda de um helicóptero, forças municipais, da polícia nacional e da gendarmeria foram mobilizadas na tentativa de encontrar o suspeito. As duas vítimas, levadas para o hospital às pressas, de acordo com a agência francesa AFP, estariam com ferimentos graves e em choque, mas sem risco de morte.

Nas redes sociais, alguns internautas indicaram a possibilidade de um terceiro ataque, mas a informação não foi confirmada por nenhum órgão oficial ou de mídia.

Em Paris, também nesta sexta-feira (15/9), um homem armado com uma faca tentou atingir um soldado que fazia a segurança de uma estação de metrô da capital francesa, mas acabou sendo derrubado e preso. Fontes locais afirmam que ele também teria gritado “Allahu akbar” durante o ataque.

 

 

COMENTE

Françaataque terrorista
comunicar erro à redação