*
 

O Partido da Justiça Islâmica, uma sigla moderada, venceu as eleições nacionais no Marrocos, segundo os resultados oficiais divulgados neste sábado (8/10). A vitória ocorreu apesar da frustração com a condução da economia nos últimos cinco anos e do desafio de um partido apontado como próximo do palácio real do país.

O Ministério do Interior disse que o partido, conhecido pela sigla PJD, obteve 125 das 395 cadeiras na Câmara dos Representantes. O Partido da Autenticidade e da Modernidade, fundado por um assessor do rei, obteve 102 cadeiras, enquanto as demais vagas ficaram com vários outros partidos.

Nenhum partido obteve a maioria na votação realizada na sexta-feira (7/10), então o PJD terá formar um governo de coalizão. O partido havia vencido em 2011 pela primeira vez, na esteira dos protestos da Primavera Árabe que exigem reforma política e poder menos centralizado no palácio real.

“Hoje a democracia venceu”, disse o primeiro-ministro Abdelilah Benkirane

 

 

COMENTE

comunicar erro à redação