*
 

Uma mãe, identificada apenas Ericka, publicou em página do Facebook uma foto do filho que está passando pelo tratamento de quimioterapia após a descoberta de um câncer. Na imagem, o garoto aparece se apoiando na bancada de um banheiro com a expressão de dor.

Logo depois, no post, a mãe explica o motivo de dividir essa imagem com outras pessoas no planeta. O post já foi compartilhado mais de 73 mil vezes e recebeu cerca de 355 mil curtidas. Confira a tradução:

“Para todos que estão combatendo o câncer ou enfrentando a quimioterapia. Para todo que estão passando por essa horrível doença. Em breve, vai ficar muito real, muito difícil e muito rápido. A foto que estou postando é dessa manhã. E antes que você grite ou chore dizendo “por que ela está mostrando essa foto dele, essa inconveniência”, bem… 1. Não mostra mais do que ele de fralda; 2. porque a vida não é sempre politicamente correta e bonita, é real. A vida não é bonita e o câncer destrói uma pessoa.

Essa foto foi de hoje de manhã quando carreguei Drake ao banheiro. Sim, ele está de fralda porque 75% das vezes não consegue controlar as idas ao banheiro. Isso é ter pele e osso, porque eu imploro para ele para comer UM feijão ou beber um copo de água durante o dia. Isso é ter o seu filho dormindo com você à noite, porque ele está com medo de que algo aconteça e ele possa estar sozinho — e quando digo algo, quero dizer morrer.

Isso é ter uma conversa com uma criança de 10 anos, perguntando se quando ele morrer, ele vai para o céu e poderá ver o pai e, talvez, será capaz de brincar e falar. Isso é ele ficando muito fraco para sair da cama ou andar, o que faz ser necessário carregá-lo ou andar de cadeira de rodas.

Isso é ele dormindo quando alguém conversa com ele, porque está muito exausto. Isso é ele, vomitando a cada medicamento que eu dou e ver que saiu seco, porque o estômago está vazio, exceto por uma colher de iogurte que eu dei com as pílulas. Isso é ter que tomar 44 pílulas na semana passada em menos de 24 horas. Isso é ele dizendo: ‘Mãe, eu não vou conseguir’.

Isso é ele não querendo ser tocado porque dói muito e ter que usar morfina durante o dia. Isso é ele me dizendo que está assustado e que não vai chegar ao 11º aniversário. Isso é ele e eu, quando digo que vou continuar lutando quando ele não puder mais. Isso é ele e eu, e nosso mundo.

Isso é ele, Drake, Stinky Joe, meu mundo inteiro. Do momento que eu soube que estava grávida até o infinito, ele tem sido a minha razão de viver. Ele é meu sorriso, meu amor, meus batimentos cardíacos. Ele também é minhas lágrimas, minha dor no coração, minha preocupação. Ele é minha vida.

#AmeOQueImporta”

 

 

 

COMENTE

câncer
comunicar erro à redação