*
 

A Justiça do estado do Oregon, Estados Unidos, tomou uma decisão polêmica durante o julgamento de um caso. Segundo o processo, o casal Dale e Debra Krein afirmam que os cães da raça mastim tibetano de Karen Szewc e Jon Updegraff, seus vizinhos, fazem barulho demais e não deixam ninguém dormir. Além disso, eles alegam que é preciso aumentar o volume da televisão e que os latidos assustavam as crianças.

No primeiro julgamento, o juiz condenou o casal a pagar uma multa de US$ 238 mil aos vizinhos. No entanto, o problema não foi resolvido e uma nova sentença foi dada: os donos devem mandar retirar as cordas vocais dos cachorros. Imediatamente após a decisão, organizações de defesa dos animais repudiaram tal ato. “Estamos chocados, disse David Lytle, do Oregon Humane Society, ao jornal The Oregonian.

Os donos se defendem dizendo que usam os cahorros para proteger a propriedade. Não temos os cachorros para incomodar os vizinhos, mas para proteger nossas ovelhas. A próxima linha de defesa é uma arma. Não tenho que usar uma arma, posso proteger minhas ovelhas com os cachorros. É uma maneira passiva de cuidar do gado”, disse. Apesar disso, a decisão da Justiça deve ser cumprida.

 

 

COMENTE

cãesestados unidos
comunicar erro à redação