*
 

Um homem teve todos os ossos do rosto destruídos após ser vítima da explosão de um barril de petróleo, em Londres, Inglaterra. Andrew Foster, 40 anos, trabalhava em uma empresa petrolífera e estava abrindo o barril com serradeira e, de repente, tudo foi pelo ares. Depois do acidente, Andrew foi levado para o hospital onde ficou 16 dias em coma e passou por uma cirurgia de 26 horas.

“Lembro de pegar minha ferramenta para o trabalho e de tudo explodir. Em seguida, lembro apenas que estava no hospital e que tudo era muito vago para mim”, disse Andrew ao jornal The Mirror. Apenas quatro anos depois do acidente, que ocorreu em 2012, o rapaz começa a ter uma vida normal.

Por causa dos ferimentos causados pela explosão, que praticamente abriu a face de Andrew, agora, ele está cego de um dos olhos e as mandíbulas estão presas com ossos de titânio. “Eu perdi minha independência. A pior parte é não ver os meus filhos crescerem”, contou.

Apesar de ter recebido uma indenização da empresa, Andrew abriu um processo para conseguir dinheiro para se reabilitar, já que não pode mais trabalhar. O processo está em andamento na justiça inglesa.

 

 

COMENTE

explosão
comunicar erro à redação