*
 

O britânico Ryan Falconer, 24 anos, é acusado de estuprar uma mulher e mandar uma mensagem a ela pedindo para “focar no lado bom das coisas e não denunciá-lo”. Junto ao pedido, enviou um emoji triste.

Segundo o Daily Mail, o crime aconteceu em maio deste ano. As conversas, no entanto, só vieram à tona agora que Falconer enfrenta a justiça. Em depoimento, a vítima disse que pediu várias vezes para ele parar. “Ele ficava repetindo para mim ‘você pode fazer isso, você sabe que me quer’. Enquanto isso, eu gritava para ele parar.” Os dois já se conheciam há um tempo. O crime aconteceu no dia em que ele foi visitá-la em sua casa.

Nas mensagens trocadas via WhatsApp, Falconer ainda justificou o ato dizendo que só queria que ela dissesse não mais uma vez. “Eu teria parado. Eu estraguei tudo”, escreveu. Para os promotores do caso, a conversa entre os dois é uma clara confissão do crime. Nas mensagens trocadas entre os dois, Falconer pede desculpas inúmeras vezes e chega a assumir que errou. “Eu li os sinais errados e eu deveria ter te escutado”.

O julgamento deve terminar nesta sexta-feira (16/9).

 

 

COMENTE

estupro
comunicar erro à redação