*
 

Uma mãe fez um alerta no Facebook após o bebê dela, que tem 10 meses, ser infectado por salmonela em um bebê conforto que vem em carrinhos de supermercado. O drama, porém, não termina por aí. Logo depois de consultar um médico, foi constatado que ele também estava com meningite.

Vivienne Wardrop, 35 anos, foi às compras em um estabelecimento comercial em Helensvale, Reino Unido, e pegou um daqueles carrinhos que já contam com o bebê conforto. Em menos de 24 horas, o filho dela começou a ter diarreia, vômitos e febre. A diarreia, ao longo do dia, piorou e começou a apresentar sangue.

Ao ser levado para o hospital, os médicos começaram uma série de exames e ficou constatado que ele estava com salmonela, rotavírus, adenovírus e meningite. Segundos os especialistas, ao avaliarem a rotina do bebê, perceberam que a ida ao mercado e o uso do bebê conforto alheio foi a única coisa diferente no dia a dia. “Eu nunca vi um filho meu tão doente assim. Ele perdeu 10% da gordura corporal em três dias”, contou a mãe ao Daily Mail.

Reprodução

Os médicos pediram a ela para que sempre verifique a higiene feita nos carrinhos de estabelecimentos comerciais para evitar problemas. Confira a tradução:

Quero alertar os pais que utilizam os bebês conforto dos carrinhos de supermercado sem limpá-los ou usar um cobertor.

Nunca pensei nisso, apenas colocava o bebê lá e ia fazer as compras. Eu nunca tinha ido a nenhum lugar com meu filho durante a semana, então os médicos disseram que seria o único lugar que ele poderia pegar.

Meu bebê de 10 meses acordou doente no dia seguinte. Levei par ao hospital e e ele acabou na UTI por 8 dias. Ele pegou adenovírus, rotavírus, salmonela e meningite por causa da sua baixa imunidade. Ele ficou no hospital por 10 dias e levou ainda mais uma semana para se recuperar completamente.

Por favor, tenham cuidado. Eu nunca pensei que isso poderia acontecer.

 


 

COMENTE

Bebêmeningite
comunicar erro à redação