*
 

Forças do Iraque fizeram um avanço significativo em Mosul, no norte do país, na luta contra o Estado Islâmico, após meses de lento progresso. Tropas do governo retomaram o controle da extremidade oriental de uma terceira ponte neste sábado (13/1), e de um conjunto de prédios dentro da Universidade de Mosul, de acordo com um oficial iraquiano que supervisiona a operação.

As tropas iraquianas agora controlam os lados orientais de três das cinco pontes da cidade que cruzam o rio Tigre. Aeronaves da coalizão liderada pelos EUA bombardearam as pontes de Mosul no fim do ano passado, numa tentativa de isolar combatentes do Estado Islâmico no leste da cidade.

Comandantes disseram que forças iraquianas retomaram mais da metade do campus da Universidade de Mosul, mas que os combates continuavam. As tropas entraram no campus na sexta-feira de manhã (horário local) e, à noite, tinham retomado um bom número de prédios, disseram o general de brigada Haider Fadhil e o tenente-general Abdul-Wahab Al-Saadi.

Ao se aproximar do rio Tigre, que separa os lados oriental e ocidental da cidade, as tropas iraquianas começaram a avançar mais rapidamente. As defesas do Estado Islâmico no lado oriental da cidade parecem estar mais dispersas. Segundo oficiais, a Universidade de Mosul e os prédios do governo retomados recentemente não estavam ocupados por civis, o que permitiu o uso mais livre de cobertura aérea.

Médicos que operam um pequeno hospital improvisado no leste de Mosul disseram que o número de vítimas civis caiu significativamente nos últimos três dias.

A operação para retomar Mosul do controle do Estado Islâmico foi lançada em outubro. Desde então, forças iraquianas retomaram lentamente mais de um terço da cidade. O EI controla firmemente a parte ocidental de Mosul, onde soldados iraquianos devem encontrar bastante resistência. No oeste da cidade estão alguns dos bairros mais densos da cidade, com uma população civil estimada em 700 mil.

 

 

COMENTE

iraqueestado islâmicoisisMosul
comunicar erro à redação