*
 

Quando Noah veio ao mundo, trouxe consigo uma surpresa: tinha apenas 2% de função cerebral e estava destinado a morrer logo. Contrariando a medicina, o pequeno continua a surpreender. Nesta última segunda-feira (5/9) ele começou a frequentar a escola.

Sem explicação científica, Noah recuperou quase 100% da sua função cerebral. Em 2015, os pais do menino e os médicos de espantaram com essa reviravolta. “Quando a médica nos disse, ela estava em lágrimas. Não há uma explicação para a evolução do caso dele. Mas Noah será usado como um exemplo para os novos médicos e para neurocirurgiões. Ele é um milagre. Noah vai nos mostrar do que é capaz. Ele é determinado e estamos orgulhosos”, disse Shally Wall, a mãe do pequeno, ao Huffington Post.

Noah, hoje, tem quatro anos de idade e sofre com uma paralisia do tronco para baixo. Nada que o impeça de viver como qualquer outra criança. “Noah está muito animado! Ele tem seus lápis, livros, sua bolsa de leitura e lancheira. Ele ainda diz que quer ser capaz de jogar futebol um dia”, contou a mãe.  “Escolhemos uma escola pequena, com turmas pequenas, para ele ir se adaptando. Noah ainda cobre seus ouvidos quando há barulhos altos. Vamos com calma.”

 

 

 

 

COMENTE

pessoas com deficiência
comunicar erro à redação